Nome do Museu ou Centro Cultural

<p class="font_8" style="text-align: justify">O Museu Histórico do Exército é um dos principais museus militares do país. Sua origem remonta ao século XIX. Desde então, passou por alguns endereços da cidade, sendo extinto e recriado até 1987, ano em que fixou residência em um sítio famoso e histórico, o Forte de Copacabana, conforme determinou a portaria nº 61, de 19 de dezembro de 1986.</p>
<p class="font_8" style="text-align: justify"><br></p>
<p class="font_8" style="text-align: justify">A missão do Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana é preservar, salvaguardar e disseminar os valores, as tradições e a memória histórica do Exército Brasileiro e atuar como um Espaço Cultural, que proporciona cultura, entretenimento e conhecimento aos visitantes.&nbsp;</p>
<p class="font_8" style="text-align: justify"><br></p>
<p class="font_8" style="text-align: justify">Assim, importantes fatos de nossa história militar terrestre são contados nos salões Colônia-Império, República e Exposições Temporárias. A equipe técnica do Museu trabalhou incessantemente por quase uma década para reunir, catalogar e restaurar os acervos existentes. A primeira exposição ocorreu em 1992, com a abertura da Fortificação ao público. Em setembro de 1996, foi inaugurado pelo então Ministro do Exército, General Zenildo de Lucena, o salão Colônia-Império que, abrangendo o período de 1500 a 1889, retrata cenas desde a chegada dos portugueses ao Brasil até a queda da Monarquia e a Proclamação da República.&nbsp;</p>
<p class="font_8" style="text-align: justify"><br></p>
<p class="font_8" style="text-align: justify">Em 11 de maio de 1998, foi inaugurado o salão República que mostra a atuação do Exército Brasileiro até 1945 com os módulos: Floriano Peixoto, Consolidação da República, Guerras de Canudos e Contestado, Modernização do Exército, Marechal Rondon, Tenentismo e Participação da FEB na Segunda Guerra Mundial. Contando com um acervo variado de quinze mil peças em sua Reserva Técnica, o Museu possui indumentárias, armamentos e objetos de uso pessoal raros de vultos históricos militares, como uma mecha do cabelo de Napoleão Bonaparte, que são expostos esporadicamente nas exposições temporárias. Por possuir valioso acervo, situar-se dentro de um sítio histórico e fazer parte do cenário de Copacabana, o Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana pode hoje ser considerado inigualável no mundo. E, ainda, constituiu-se como um dos principais pontos turísticos da cidade, recebendo cerca de trinta e cinco mil pessoas ao mês.</p>

Experimente Cultura no

Museu Histórico do Exército