Oiá e o bufalo interior

Nesta atividade sugerimos uma contação de história, seguida de roda de conversa e pintura. O conto sugerido é de Kiusam de Oliveira e faz parte do livro ‘Omo-oba: histórias de princesas’. Ao final da contação de histórias é possível explicar para as crianças que esse conto advém do povo Iorubá e são típicos da cultura africana. Também conhecido pelo nome de itàn, esse tipo de história é transmitida de geração em geração através da oralidade e traduzem saberes ancestrais de uma cultura. Nesta história podemos conhecer dois Orixás que compõem parte da mitologia e religiosidade africana. Esta atividade pode auxiliar os alunos a desconstruir preconceitos e também a perceber a diversidade das culturas espalhadas ao redor do mundo. Além disso, é uma forma de aplicar em sala de aula a lei 10.639/2003 que estabelece a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira dentro das disciplinas que já fazem parte das grades curriculares dos ensinos fundamental e médio. Os orixás dessa história são crianças como vocês e eles adoram se divertir com seus instrumentos favoritos!

 Faixa etária sugerida 

7 - 10 anos

 Eixo temático 

História, Arte

 Museus relacionados 

Museu de Arte Moderna, Museu de Arte do Rio, Museu Histórico Nacional